Febre: preciso me desesperar?

Nada deixa uma mãe mais desesperada que febre, não é verdade? Mas primeiro vamos tentar entender o que é essa alteração e o que devemos fazer quando nossa criança apresenta febre.

Temos que pensar que a febre é uma reação normal do nosso corpo, geralmente em resposta a alguma infecção. Até aqui, tudo bem, mas vamos adiante.

Consideramos febre quando a temperatura axilar ultrapassa 37,8ºC (vamos combinar que a febre sempre tem que ser medida com um termômetro e que, para o médico, não adianta a informação de que a criança está quentinha).

Mas o que fazer quando o termômetro mostra que seu filho está com febre? A resposta depende dos seguintes cenários:

– Bebês de 0 a 3 meses de idade com febre confirmada: devem ser sempre avaliados presencialmente com a/o pediatra.

– Bebês maiores de 3 meses, que estão bem: a mamãe deve avisar a/o pediatra (e haja WhatsApp, rsrsrs) e manter a observação clínica.

– Sempre ficar de olho nos sinais de alerta!!! Quais? São as alterações neurológicas como sonolência excessiva, vômitos e dificuldade respiratória. Nesse caso, o paciente deve ser avaliado imediatamente.

E aí na sua casa? Como você faz quando seu filho está com febre?

Consulte nossos profissionais de saúde para obter mais informações.

 

Dra. Débora Scordamaglia
Médica Pediatra
CRM/SP 104.299
@dra_debora_scordamaglia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.